Acontece em Curitiba

Dani Black em cartaz na Caixa Cultural Curitiba

Publicado por em 17/07/2017 às 18h08

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, de 4 a 6 de agosto, show do compositor, guitarrista e intérprete de grande potência vocal Dani Black. O carismático e bem humorado filho de Tetê Espíndola, traz ao palco seu segundo disco de estúdio, Dilúvio. O show já esteve em cartaz em diversas cidades brasileiras e de Portugal.

Aos 30 anos, Dani Black é um criador inquieto. Parceiro de Zélia Duncan e Chico César, com músicas gravadas por Ney Matogrosso, Maria Gadú, Elba Ramalho, Tiago Iorc, Pedro Mariano e 5 a seco (grupo do qual fez parte), ele lançou seu primeiro álbum solo, chamado Dani Black, em 2011, disco de canções de amor.

Dilúvio revela “um dilúvio de ideias, de mensagens, de sensualidade muitas vezes”, diz Dani. “É um disco espontâneo. Por mais que tenha sido feito minuciosamente, a parte orgânica, que sou eu, é muito espontânea.”

A referência mitológica do dilúvio – da tempestade seguida da reconstrução – reflete um estímulo criativo. “O dilúvio não quer ser bonito, é uma força da

natureza. Então, é espontâneo, como só a natureza sabe ser, implacável e generosa ao mesmo tempo”, diz Dani. “Quero tirar o que tem de mais valor em mim, sou um cara visceral. E o que me toca, que naturalmente vai pra minha composição, é tentar furar as pessoas, mexer com elas e segurá-las até o final na mesma intensidade. Quero que viajem nas imagens que estou propondo.” Sem dispensar importantes referências, ele deixa pegadas fundas no caminho suave, como só faz quem tem groove.

O novo disco foi finalista na categoria de “Melhor Álbum POP” do ano no Prêmio da Música Brasileira 2016, o mais aclamado prêmio de música do país. Também foi contemplado com duas nominações ao Latin Grammy 2016. “Dilúvio” foi indicado a “Melhor Álbum de Música Popular Brasileira” e sua canção “Maior”, que tem a participação de Milton Nascimento, recebeu a indicação de “Melhor Música em Língua Portuguesa”.

Apesar das diferenças estéticas, Milton Nascimento e Dani Black se afinaram no aspecto humano e poético. Depois da participação de Milton nesse disco, Dani foi convidado a integrar os projetos “Mar Azul” (em que interpretou "Travessia”) e “Mil Tom” (cantando “Paisagem na Janela”) e o Teatro Mágico o chamou pra participar de seu álbum dedicado ao Clube da Esquina.

 

Links para vídeos:

Dani Black - Seu Gosto - youtu.be/ADA1irYt49w

Teaser - Areia - youtu.be/BXwFpMTPtTw

 

Serviço

 

Música: Dani Black - Dilúvio
Local: CAIXA Cultural Curitiba, Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)
Data: 4 a 6 de agosto de 2017 (sexta a domingo)
Horário: sexta-feira e sábado, às 20h. Domingo, às 19h.
Ingressos: vendas a partir de 29 de julho (sábado). R$ 20 e R$ 10 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura.
Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)
Classificação etária: livre para todos os públicos
Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

 

Bio Dani Black

Dani Black é paulista, e nasceu em 1987. Nominado recentemente a dois Latin Grammy, o artista é reconhecido hoje como um importante nome da nova geração da MPB.

Já foi citado como destaque da música brasileira em entrevistas de grandes nomes como Milton Nascimento, Djavan, Chico César, Lenine, Zélia Duncan, Moska, Ney Matogrosso, entre outros. Foi eleito pela Billboard Brasil o Artista revelação de 2011.

Foi premiado em diversos festivais de composição pelo Brasil. Participou da gravação do DVD de Maria Gadú interpretando em dueto sua música “Aurora”. Participou do DVD “Aos vivos agora” de Chico César, chamando atenção como intérprete e guitarrista virtuoso.

Dani fez ao lado de Chico, como participação especial, a turnê de divulgação do DVD “Aos vivos agora”, que circulou pelo Brasil, Europa e Argentina.

Lançou o seu primeiro disco “Dani Black” no segundo semestre de 2011. Fez shows de lançamento do primeiro disco em diversas capitais do Brasil e em Portugal foi artista convidado do festival de World Music “Vodafone Mexfest”.

Como compositor é um dos mais gravados de sua geração. Tem musicas na voz de artistas como Elba Ramalho, Maria Gadú, 5 a seco, Tiago Iorc, Pedro Mariano, Ney Matogrosso, entre outros. É interpretado por Ney Matogrosso no novo show do artista. A música de Dani Black “Oração” também inspira o nome da nova turnê de Ney, “Atento aos sinais”.

Fez a trilha sonora da peça “Uma noite na lua” de João Falcão, estrelada por Gregório Duvivier e eleita uma das 10 melhores em cartaz no Rio de Janeiro.

Em 2013 lançou gratuitamente em seu site um compacto de 8 faixas, gravado ao vivo, intitulado “EP dani black aovivo SP”. Em poucos dias o trabalho teve milhares de downloads.

Em 2015/2016 lançou seu aguardado segundo álbum de estúdio intitulado “Dilúvio”. A turnê do novo álbum segue em movimento já há um ano, tendo passado pelos quatro cantos do Brasil e 7 cidades de Portugal. O novo disco foi finalista na categoria de “Melhor Álbum POP” do ano no “Prêmio da Música Brasileira”, o mais aclamado prêmio de música do país.

Também foi contemplado com duas nominações ao Latin Grammy. “Dilúvio” foi indicado a “Melhor Álbum de Música Popular Brasileira” e sua canção “Maior”, que conta com a participação de Milton Nascimento, recebeu a indicação de “Melhor Música em Língua Portuguesa”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

%MCEPASTEBIN%

Categoria: Shows
Tags: CAIXA Cultural Curitiba, Dani Black

Enviar comentário

voltar para Acontece em Curitiba

left show tsN fwR fsN|left tsN fwR|left show fwR tsN bsd b01s|bnull||image-wrap|news c05|fsN normalcase tsN fwR bsd b01|b01 c05 bsd|login news normalcase c05 fwB|tsN normalcase fwR bsd b01|normalcase fwR c05|content-inner||