Cultural

Folha Seca aposta em noites culturais

Publicado por Guia Amo Curitiba em 28/11/2015 às 00h02

Musicoterapia
Programa Musicoterapia será gravado dentro do Folha Seca, como parte das comemorações dos 13 anos do bar.
Bar pretende incentivar a cultura nas noites da cidade, sempre com convidados ligados a temas variados. 

O Folha Seca recebe na próxima segunda-feira (30/11), às 20h, o programa semanal Musicoterapia / Alquimia dos Som, da rádio E-Paraná 97.1 FM, focado em música instrumental brasileira de qualidade, para gravação da edição em comemoração aos 13 anos do bar. 
O programa especial, que vai ao ar no dia 08/12, será sobre samba e futebol, temática recorrente no Folha Seca, pois o seu proprietário é Carlinhos Neves, preparador físico que já passou pela seleção brasileira e pelos principais times do país, e apaixonado pelo ritmo. 
O público presente no dia vai conferir as músicas do programa e a gravação ao vivo no palco do Folha Seca, com o musicoterapeuta Flávio Belô, que apresenta os músicos e as canções.  O Musicoterapia tem duração de uma hora.
"É uma honra receber o Belô, grande entendedor de música de qualidade, e promover esse experiência aos nossos clientes" comenta Neves. "Quero abrir espaço na casa para, sempre que puder, trazer amigos de todo o país, ligados à cultura, música, gastronomia ou esporte, para o Folha Cultural", explica.  

Sobre o Folha Seca Bar

O Folha Seca homenageia o futebol e é ponto de encontro de personalidades do esporte, como jogadores, técnicos e artistas, além de personagens da cena cultural da cidade. O nome do bar faz referência ao chute "Folha Seca", do jogador Didi. As paredes do espaço são ilustradas com materiais, como fotografias de momentos importantes da história do proprietário.
O bar é também conhecido pelo amplo cardápio de petiscos, com mais de 50 opções,  além de cerveja e chope gelados. Aos sábados, a feijoada ao som de um grupo de samba e brigadeiro no tacho já é tradição na cidade.

Serviço

Entrada gratuita
O quê: Folha Cultural recebe programa Musicoterapia / Alquimia do Som
Quando: 30 de novembro, às 20h.
Onde: Folha Seca Bar. Rua Petit Carneiro, 394 Água Verde, Curitiba.
Telefone: (41) 3343-5632
www.folhasecabar.com.br | www.facebook.com.br/folhasecabar

 

Categoria: Agenda, Cultural
Comentários (0)

Campanha do Grupo RIC Paraná arrecada cerca de 3 mil livros

Publicado por Guia Amo Curitiba em 27/11/2015 às 12h00

CulturaCampanha do Grupo RIC Paraná arrecada cerca de 3 mil livros para o Vagão da Cultura

Em uma ação com a comunidade e os colaboradores, o Instituto RIC, braço social do Grupo RIC Paraná, arrecadou cerca de 3 mil livros para o Vagão da Cultura, da Serra Verde Express. A campanha contou com parceria da Livrarias Curitiba com a intenção de espalhar cultura pela capital paranaense.
Para a diretora do Instituto RIC, Luciana Petrelli, é um orgulho participar desta iniciativa: “A leitura amplia a percepção de mundo, melhora a compreensão da própria língua e contribui para alcançar a magia da história contada. Por isso ficamos muito satisfeitos com o resultado da arrecadação que proporciona que crianças e jovens entrem pela leitura no mundo atual”, declara.
Na foto, Adonai Filho, diretor da Serra Verde Expres, Lorena Laska, assistente do Instituto RIC, Diego Andrade, coordenador do Instituto RIC, Michelle Reffo, gerente de marketing do Grupo RIC PR e Juliano Souza, coordenador de marketing da Serra Verde Express.

 

Categoria: Cultural, Notícias
Comentários (0)

O ex-jogador de futebol Alex lança sua biografia em Curitiba

Publicado por Guia Amo Curitiba em 24/11/2015 às 00h01

Alex

O ex-jogador de futebol Alex lança hoje em Curitiba o livro “Alex, A Biografia”, em parceria com o jornalista Marcos Eduardo Neves. O evento acontecerá as 18h30, na Livrarias Curitiba do ParkShopping Barigui, com entrada franca.

 

Data: 24 de novembro (terça-feira)

Local: Livrarias Curitiba do ParkShopping Barigüi (Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 600)

Horário: 18h30

Valor: A entrada é franca e o atendimento será feito pela ordem das senhas que estão sendo distribuídas no local.

Categoria: Cultural, Notícias, Variedades
Comentários (0)

Duas décadas de arte

Publicado por Guia Amo Curitiba em 16/11/2015 às 00h01

Exposição com artistas que fizeram parte da história da Ybakatu Espaço de Arte vai ocupar uma casa no Batel, em evento inédito.

YbakatuOcupar um espaço de arte exige conhecimento, relacionamento, memória e história. Além é claro, de muita persistência. E é assim que a Ybakatu Espaço de Arte completa duas décadas de existência, ajudando a construir a história da arte de Curitiba. O espaço nasceu em 1995, por iniciativa da escultora Tuca Nissel. Ao completar o curso na Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP), ela precisava de um lugar para expor o projeto de conclusão de curso.
Assim, a casa que morou em Curitiba desde os dois anos de idade e que na época estava desocupada, serviu de local para exposiçãoYbakatu “Volumes Reais- Virtuais”. A ideia era ocupar uma sala do que seria um espaço comercial, na Rua Itupava, no bairro Alto da XV.  A arte, no entanto, tomou um espaço maior e pouco tempo depois a casa inauguraria já como um lugar para abrir mais do que exposições, abrir possibilidades.
Foram mais de cem exposições em 20 anos. Poucos museus municipais e estaduais fizeram tanta história quanto a Ybakatu. O espaço serviu de abrigo para dezenas de artistas para mostrar o seu trabalho e o local foi se transformando em uma galeria aglutinadora que serviu como vitrine para muitos profissionais. A escultora que virou galerista serviu como ponte para vários artistas, participando de feiras nacionais e internacionais e levando obras de diversos artistas para a cena mundial.
A galeria funcionou na Rua Itupava até 2011, quando se mudou para a Rua Francisco Rocha, onde funciona atualmente. Agora, para marcar os 20 anos de atuação da Ybakatu Espaço de Arte, a galeria ocupará durante o período de um mês, uma casa na Rua Carmelo Rangel, no Batel.
O objetivo é mostrar obras dos artistas atualmente vinculados à galeria e resgatar a memória dessas duas décadas de atuação. Serão expostas várias obras de 28 artistas, que utilizam as linguagens de escultura, pintura, fotografia, vídeo-arte e performance nos seus trabalhos.
Para registrar a memória dos 20 anos da galeria, será produzido um material gráfico e digital,com todo o histórico de exposições, feiras de arte e demais eventos, que será lançado na última semana da ocupação.
A casa estará aberta para visitas de 21 de novembro a 20 de dezembro, de terça a sábado, das 14h às 20h e domingos das 13h às 17h. A entrada é franca.

Serviço:

20 anos da galeria Ybakatu Espaço de Arte
De 21 de novembro a 20 de dezembro.
Terça a sábado, das 14h às 20h e domingos das 13h às 17h
Rua Carmelo Rangel, 455. Batel
Tel 41 3264-4752
Entrada franca.

Categoria: Cultural, Exposição
Comentários (0)

Exposição coletiva “Visões Etéreas”

Publicado por Guia Amo Curitiba em 15/11/2015 às 00h01

Exposição

Exposição coletiva “Visões Etéreas” em cartaz no Espaço de Arte Francis Bacon
O trabalho apresenta arte contemporânea com liberdade de criação

Por Emanuelle Spack

ExposiçãoEstá marcada para a próxima segunda-feira, dia 16 de novembro, no Espaço de Arte Francis Bacon da Ordem Rosacruz – AMORC, a abertura da exposição coletiva Visões Etéreas, dos artistas Adalberto José da Silva, Lia Kogiaridis e Wania Viana Domiciano. A mostra apresenta obras de técnicas mistas, óleo sobre tela e acrílica sobre tela e fica aberta até o dia 12 de dezembro, com entrada gratuita.
“Visões Etéreas busca conectar o expectador com o artista”, diz a artista Wania Viana Domiciano. O tema abrange um significado figurado, referindo-se ao que é elevado, sublime, celeste ou delicado. Para Lia Kogiaridis, “este tema tem como objetivo conduzir o espectador a um olhar aprofundado para que tenha um momento de intimidade com a obra, mergulhando com delicadeza, pureza e afeição nesse encontro”.
Cada artista tem sua maneira de expressar através da pintura aquilo que está no íntimo do seu coração. “Minha arte é abrangente no que diz respeito aos assuntos, pois busco em cada um o resultado que fascine ao olhar”, revela Adalberto José da Silva. A obra da artista Lia Kogiaridis se caracteriza pela liberdade de atuação ao retratar pessoas com um olhar próprio, buscando captar a essência e a personalidade do retratado.
Wania Viana Domiciano trabalha com total liberdade de criação, mesclando abstracionismo e figurativismo. “Se eu puder provocar um vislumbre de bons sentimentos e contato do meu expectador com a sua própria essência através da minha obra, então sinto que o meu papel neste mundo está sendo cumprido, por menor que possa ser essa participação, seja com uma obra de florais, um abstrato ou uma paisagem”, conta Wania. 
Para Adalberto, ser artista “é ter certeza da liberdade de criação e de representar através de nossos trabalhos a essência e a beleza daquilo que de melhor há em nós. A arte, de um modo geral, nos disciplina e enobrece a alma”.  Muitas obras conquistam não apenas com as cores, desenhos ou forma, mas com a Exposiçãointensa emoção que é única em cada peça. Quem visitar esta exposição vai poder “dedicar um momento para um contato mais profundo com o seu eu interior, vislumbrando as singularidades de cada obra”, diz Wania.
Em 2010 Wania participou do XV Circuito Internacional de Arte Brasileira representando o município de Curitiba e o estado do Paraná. Este evento aconteceuExposição em Berlim, na Galerie Forum Berlin am Meer; em Praga, na Galerie Dolmen; e em São Paulo, no Paço Municipal Prefeito Carlos Piffer. “Este circuito internacional promove o reconhecimento profissional do artista e possibilita um intercâmbio cultural, além de fomentar a abertura do mercado externo de forma direta, valorizando a arte brasileira na Europa”, conta Wania.
Neste ano foi Lia Kogiaridis quem integrou o XX Circuito Internacional de Arte Brasileira na Europa. A artista apresentou duas de suas obras a fim de participar do processo seletivo, pelo qual foi selecionada pela curadoria geral do circuito.
A abertura do evento ocorreu no dia 25 de setembro, na Fundação José Rodrigues, na cidade do Porto, em Portugal, onde a exposição permaneceu até o dia 4 de outubro de 2015. De Portugal a exposição foi para Bucareste, na Romênia, no Instituto Cervantes, onde permaneceu entre os dias 6 e 15 de outubro. A cerimônia de encerramento foi realizada no Museu Nacional da República, em Brasília, no dia 7 de novembro, onde Lia Kogiaridis recebeu uma menção honrosa por ter representado Curitiba e o Paraná.

Sobre os artistas:

Adalberto José da Silva - Desde garoto a sensibilidade pelas artes plásticas tornava-se evidente no seu dia a dia, a ponto de fazê-lo aspirar a ingressar em uma escola de desenho e pintura. Os anos passaram e somente em 2005 fez um curso básico de pintura a óleo. Desde então vem aperfeiçoando seus conhecimentos e técnicas na pintura, de forma autodidata, através de estudos, visitas a museus e exposições onde artistas iniciantes e consagrados gravitam no cenário das artes plásticas.
ExposiçãoLia Kogiaridis – Musicista e artista visual, possui Licenciatura em Música pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (1986). Especialista em regência de coro pela mesma instituição (2009), cursa atualmente pós-graduação em Ensino de Artes: Técnicas e Procedimentos pela Universidade Cândido Mendes - RJ (2015). Atua como artista visual, pianista, compositora e arranjadora de jingles para campanhas publicitárias e trilhas sonoras para filmes.
Wania Viana Domiciano – Artista plástica, iniciou suas atividades como pintora em 1999. Lecionou em seu ateliê de 2001 a 2010, desenvolvendo trabalhos ecléticos com alunos de diversas idades e promovendo exposições coletivas com os mesmos. Em 2010 representou o município de Curitiba e o estado do Paraná no Circuito Internacional de Arte Brasileira na Alemanha, na República Tcheca e em São Paulo. Em 2013 e 2014, realizou exposições individuais no Shopping São José, na Rua 24 Horas e no Espaço Cultural Rede Condor, entre outros. Expõe aos domingos na Feira de Artes do Largo da Ordem, ponto turístico tradicional de Curitiba.

 

Serviço

Evento: Exposição “Visões Etéreas  
Data: de 16 de novembro a 12 de dezembro de 2015.
Local: Espaço de Arte Francis Bacon – Ordem Rosacruz (AMORC)
Endereço: Rua Nicarágua, 2620 - Bacacheri - 82515-260 - Curitiba, Paraná.
Entrada: Franca
Horário: de segunda a sexta-feira das 13h às 17h30.

Categoria: Cultural, Exposição
Comentários (0)

RICTV Record promove concurso cultural

Publicado por Guia Amo Curitiba em 11/11/2015 às 00h01

RICTV

RICTV Record promove concurso cultural “Você Cine-Astro” no 8º Festival de Cinema da Lapa

Os apaixonados por cinema e produção audiovisual em geral podem mostrar seu talento no concurso cultural “Você Cine-Astro” no 8º Festival de Cinema da Lapa”, promovido pela RICTV Record. Os vencedores serão premiados com R$ 2 mil (1º lugar), R$ 1 mil (2º lugar) e R$ 500 (3º lugar).
Os 10 melhores filmes serão exibidos na Mostra Portátil do festival, dia 21/11 às 16h00 na Tenda Alameda David Carneiro, Festival de Cinema da Lapa, Lapa – PR.
Para participar é preciso fazer um filme gravado com celular de até 2 minutos abordando um dos temas “como o celular alterou o comportamento e as interações pessoais na sociedade moderna” ou “características comportamentais e de vocabulário da sua região”. Os 3 melhores filmes serão premiados durante o Festival de Cinema da Lapa. As inscrições devem ser feitas até 13 de novembro pelo site.
Incentivo ao cinema – Sendo mais uma vez pioneira na produção de conteúdo, eventos e apoio de boas iniciativas e pensando em fomentar o cinema paranaense e nacional, a RICTV Record é a emissora oficial do Festival de Cinema da Lapa. A RICTV entra para o mercado de produção local, o que está diretamente alinhado à sua essência, apoiando e produzindo conteúdo com foco no regionalismo. Durante o festival, a emissora realiza cobertura completa, com links ao vivo da Lapa, entrevistas nos estúdios, além do concurso cultural “Você Cine-Astro”.
Em 2014 a RICTV Record apoiou e coproduziu o telefilme “Manual Prático da Melhor Idade”, em parceria com a produtora Contém Conteúdo.

 

Categoria: Cultural, Variedades
Comentários (0)

Corrente Cultural terá ópera, humor, batalha de rimas e danças

Publicado por Guia Amo Curitiba em 04/11/2015 às 00h01

Corrente Cultural

, Ruínas São Francisco e Praça Espanha. Para edição deste ano, a Fundação Cultural de Curitiba em parceria com produtores da cidade programou uma série de eventos em diversos espaços da cidade. Confira:

Curitibaila – Na sexta-feira (6), às 20h, o Memorial de Curitiba recebe a primeira parte do evento CuritibaBaila. Na oportunidade, o público poderá conferir mais de 20 apresentações de diferentes danças de salão com grupos curitibanos. No sábado (7),  das 10h às 17h, a Casa Hoffmann – Centro de Estudos do Movimento terá aulas gratuitas de samba, forró, bolero, sertanejo, tango e outros estilos com orientação de professores profissionais. Para participar é preciso se increver na Fan Page do evento - https://www.facebook.com/curitibaila

Rindo na Corrente – Novidade na Corrente Cultural, o evento leva ao Teatro Londrina apresentações de stand up comedy. No elenco os humoristas Patrick Maia ( Pânico na TV Band), Rodrigo Capella (Programa da Sabrina Record),  Hallorino Jr, Marco Zenni, Emerson Ceará,Thiago Souza, Serginho Lacerda e Afonso Padilha. As apresentações acontecem no sábado (7), às 15h, 17h e 19h. Os ingressos são gratuitos e poderão ser retirados na bilheteria do teatro no dia do evento.

Batalha de Rimas - A grande final do Circuito CWB de Rimas acontecerá, no sábado (7), nas Ruínas São Francisco durantes os intervalos dos shows. A última etapa do desafio reunirá 8 concorrentes que se enfrentarão em rounds de 30 segundos com ataque e defesa. A cada round uma votação com o público presente será feita e o vencedor passa adiante até a final. Viabilizada pela Lei de Incentivo à Cultura, por meio do edital "Difusão em Música" do Fundo Municipal da Cultura, a ação colaborativa pretende ser um ponto de convergência entre as diversas vertentes do RAP, em Curitiba. O projeto teve início em agosto na praça 29 Março e passou por cinco regionais de Curitiba. Horário 13h, 15h, 17h e 19h.

Feira do Vinil – No domingo (8), das 9h às 15h, o Memorial de Curitiba recebe a Feira do Vinil. O evento reunirá expositores, de diferentes lugares do Brasil, que somarão milhares de LP's, de todos os gêneros e preços, além de artigos de música no geral. A entrada é gratuita.

Ópera - Na sexta-feira e no sábado (dias 6 e 7), às 20h30, a Capela Santa Maria recebe o espetáculo da Opera Orchestra Curitiba Gala Lírica. A óperá reunirá árias e duetos de Verdi, Puccini, Donizetti, Mozart, Gomes, Lalo, Bizet, Wagner, Gershwin interpretadas por Ana Paula Brunkov (soprano), Karolyne Liesemberg (soprano), Norbert Steidl (baritono), Eduardo Maldonado (tenor), Rubens Rosa (tenor), Ivan Moraes (tenor), Priscila Malansky (piano) com direção Musical de Alessandro Sangiorgi. Os ingressos custam R$20 e 10.

A Corrente Cultural 2015 é uma realização da Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC). Tem patrocínio do Hard Rock Cafe Curitiba, Revista Rolling Stone, Coca-Cola, Spotify, Banco do Brasil e Mundo Livre FM. Apoio cultural Bienal Internacional de Curitiba, Instituto Goeth, Instituto Cervantes, Consulado Geral da Itália, Gepetto Pizzaria, Radiola, Caixa Cultural, Fecomércio/Sesc-PR, Governo do Estado do Paraná e Gazeta do Povo.

CORRENTE CULTURAL 2015

PALCO BOCA MALDITA (FCC/HARD ROCK)
08 de novembro – domingo (das 10h às 22h)
08h às 11h – Passagem de som – Emicida
11h – Emicida
13h30 – Big Time Orcherstra 
15h às 18h – Passagem de som – Pitty
18h30 – Orquestra + Diogo Nogueira
20h30 – Pitty

PALCO RUÍNAS DE SÃO FRANCISCO (FCC)
07 de Novembro – Sábado
10h – Passagem de som – Duda Brack
13h, 15h, 17h e 19h – Circuito CWB de Rimas
12h – Djoa 
14h – Leash
16h – Duda Brack
18h – Trombone de Frutas
20h – Monreal
21h às 23h30 – Passagem de som – Suricato
00h – Suricato

08 de novembro – Domingo 
07h às 09h – Passagem de som – Far From Alaska
10h – Cirandar
12h – Rodrigo Lemos (Lemoskine)
14h – Jenni Mosello 
16h – Relespública
18h – Far From Alaska
20h – Machete bomb

PALCO TUC (FCC)
07 de Novembro – Sábado
11h – Mens sana (aposta Mundo Livre Fm)
12h30 – KlanDestinos (aposta Mundo Livre Fm)
14h – Majordomus (aposta Mundo Livre Fm)
15h30 – Expresso Vermelho (aposta Mundo Livre Fm)
17h – Perna Leiga (aposta Mundo Livre Fm)
18h30 – Fauno (aposta Mundo Livre Fm)
20h – SARA 5.7.2
21h30 – CEFA
23h – BraveHeart

08 de novembro – Domingo 
10h – Ninguém (aposta Mundo Livre Fm)
11h30 – Killer Jack
13h – Fuga da Alma
14h30 – Gentileza (contrapartida)
16h – Locomotiva Duben (contrapartida)
17h30 – Namorada Belga
19h – Lenhadores da Antártida ( vencedores do concurso Viva Rock Latino)

PALCO PRAÇA DA ESPANHA (ASCORES) 
07 de novembro – Sábado
12h – Orquestra À Base de Sopro toca Pixinguinha
14h – Saul do Trumpet e convidados
16h – Lucian Araújo
18h – Os irmãos Carrilho
20h – Du Gomide

08 de novembro – Domingo 
14h – Sapato furado Orquestra de Gafieira
16h – Pietro Domiciano
18h – Naked Girl and Aeroplanes

AUDITÓRIO LONDRINA
07 de novembro – Sábado 
Rindo na Corrente (Stand-up) – Sessões às 15h, 17h e 19h

MEMORIAL DE CURITIBA
06 de novembro – sexta-feira
Curitibaila, o show

08 de novembro – Domingo
Feira de Vinil – das 09h às 15h

PALCO ELETRÔNICO – Praça 29 de Março
07 de novembro – Sábado
13h – Nomad Magush
14h – DJ Fefo
15h – Claudia Bukowski
16h – Mateus B (Radiola Apresenta)
17h30 – Kaka Franco (Radiola Apresenta)
19h – Haustuff (Radiola Apresenta)
20h30 – Traffic Jam (Radiola Apresenta)

CMPB
07 de novembro (sábado)
14h às 18h – Canja de Viola

Casa Hoffmann
07 de novembro (sábado)
10h às 18h – Curitibaila, as aulas

Mais eventos no site http://correntecultural.com.br/

 

Fonte: www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br

Categoria: Agenda, Cultural
Comentários (0)

Corrente Cultural terá exibição de mais de 70 filmes

Publicado por Guia Amo Curitiba em 03/11/2015 às 00h01

Cinemateca

Os cinemas da Fundação Cultural de Curitiba, o Centro Cultural Dante Alighieri e o Sesc Paço da Liberdade têm uma programação especial nesta semana da Corrente Cultural, de 3 a 8 de novembro. Serão exibidas mais de 70 produções de curta e longa-metragem, de várias épocas e tendências, com inúmeras opções para o público adulto e infantil. Toda a programação tem entrada franca.

A Cinemateca de Curitiba apresenta, na sessão das 15h, a Mostra Cubana, e às 17h e 19h, uma série de 35 produções nacionais que revelam a cultura e a identidade brasileira, especialmente a partir da década de 1950, como a era de ouro do cinema nacional, as chanchadas, os musicais da Atlântida, filmes sobre a música popular, o samba, a bossa nova e seus compositores.

No Cine Guarani, uma extensa seleção de filmes de curta-metragem para crianças e adultos garante diversão para toda a semana. Serão exibidas mais de 50 produções diferentes. As sessões infantis acontecem às 17h e a dos adultos, às 19h, com entrada franca.

O Centro Cultural Ítalo-Brasileiro Dante Alighieri apresenta a mostra “Pasolini: Cinema e Poesia”, com exibição de três filmes do cineasta italiano Pier Paolo Pasolini – Mama Roma, Medéia e Teorema. Antes da primeira projeção (no dia 4, às 19h), será feita a leitura do poema “Hierarquia”, escrito por ele no Rio de Janeiro em 1970. Também será realizado um debate sobre a visão de Pasolini sobre o Brasil na década de 70.

A mostra “Palmarés 42 Edición 2014” é uma das atrações que será ofertada pelo Sesc Paço da Liberdade durante a Corrente Cultural. Serão exibidos curtas-metragens ganhadores dos três concursos do 42º Festival Internacional de Cinema de Hesca: o russo “The Fire”, na categoria internacional; o chileno “La Isla”, na categoria ibero-americana; e “KelYaumKelYaum”, na categoria documentário. No Sesc também serão exibidos filmes do Festival Internacional de Cinema da Bienal de Curitiba – FICBIC 2015.

Confira:

CINEMATECA DE CURITIBA

3 a 7/11/15, às 15h
Mostra Cubana

3 a 8/11/15 
Corrente Cultural na Cinemateca

Dia 3, às 17h: NEM SANSÃO NEM DALILA, de Carlos Manga
Dia 3, às 19h: BRASILIANAS, de Humberto Mauro 
Dia 4, às 17h: ASSIM ERA A ATLÂNTIDA, de Carlos Manga. Classificação 10 anos
Dia 4, às 19h: MÚSICA DE INVENÇÃO. Classificação 14 anos
Dia 5, às 17h: ONDE ESTÁS FELICIDADE, de Mesquitinha
Dia 5, às 19h: OS DOCES BÁRBAROS, de Jom Tob Azulay . Classificação12 anos
Dia 6, às 17h: O BATEDOR DE CARTEIRAS, de Aloísio T. de Carvalho. Classificação 12 anos 
Dia 6, às 19h: SAMBA E BOSSA NOVA: MÚSICA DO BRASIL. Classificação 12 anos
Dia 7, às 17h: CARMEM MIRANDA: BANANA IS MY BUSINESS, de Helena Solberg 
Dia 7, às 19h: BAR ESPERANÇA: O ÚLTIMO QUE FECHA, de Hugo Carvana. Classificação 14 anos
Dia 8, às 17h: CARNAVAL ATLÂNTIDA, de José Carlos Burle . Classificação 10 anos
Dia 8, às 19h: ENCONTROS E DESENCONTROS DO AMOR. Classificação 16 anos

CINE GUARANI

03/11/15

17hs – CURTAS INFANTIS 1 (Brasil, cor, 62’)
Isabel e o Cachorro Flautista
O tamanho que não cai bem
Alma Carioca – um choro de menino
Disfarce Explosivo
O Nordestino e o Toque de sua Lamparina
Mitos do Mondo: como surgiu a noite?
Historietas Assombradas (para crianças malcriadas)
Classificação: Livre

19hs – CINESAMBA (Brasil, 75’)
Com que Roupa?
Do Dia em que Macunaíma e Gilberto Freyre Visitaram…
Operação Morengueira
Polêmica 
Classificação: 16 anos

04/11/15

17hs – CURTAS INFANTIS 2 (Brasil, cor, 66’)
Caçadores de Saci
Dona Cristina Perdeu a Memória
Maré Capoeira
Paisagem de Meninos
Classificação: Livre

19hs – SONORIDADES INOVADORAS (Brasil, 83’)
Hermeto campeão de Thomaz Farkas
Tom Zé, ou quem irá colocar uma dinamite na cabeça do século? De Carla Gallo
Classificação: 10 anos

05/11/15

17hs – OS XERETAS (SP, 2001, 98’)
Classificação: Livre

19hs – DIVERSIDADE SEXUAL (Brasil, 101’)
Em nome do Pai
Entre trilhos
Meninas
Rasgue minha roupa
Sargento Garcia
Sexo e Claustro

Vox Populi
Classificação: 16 anos

06/11/15

17hs – ANIMAÇÕES INFANTO-JUVENIS (Brasil, 50’)
A Noite Do Vampiro
Devoção
Leonel Pé-de-Vento
Lúmen
Os Olhos do Pianista
Primeiro Movimento
Relacionamentos
Roubada!
Classificação: Livre

19hs – L.A.P.A (RJ, 2008, 74’)
Classificação: 12 anos

07/11/15 (sábado)

17hs – ANIMAÇÕES PARA A PRIMEIRA INFÂNCIA 2 (Brasil, 61’)
Gilda e Gilberto
Bartô
A bruxinha Lili
O vento
O povo atrás do muro
O veado e a onça
Docinhos
Calango
Classificação: Livre

19hs – WOOD & STOCK: SEXO, ORÉGANO E ROCK’N’ROLL (RS, 2006, ani, cor, 80’)

08/11/15

17hs – O GRILO FELIZ (SP, 2001, 80’)
Classificação: Livre

19hs – ENCONTROS E DESENCONTROS DO AMOR 2 (Brasil, 102’)
Areia de Caetano Gotardo (12 min)
Décimo segundo de Leonardo Lacca (21 min)
Memórias sentimentais de um editor de passos de Daniel Turini (17 min)
Noite de sexta, manhã de sábado de Kleber Mendonça Filho (15 min)
O teu sorriso de Pedro Freire (18 min)
Remédios do amor de João Vargas Penna (19 min)
Classificação: 14 anos

CENTRO CULTURAL DANTE ALIGHIERI

4 a 6/11/15 – 19h

Pasolini: Cinema e Poesia
Exibição de três filmes do cineasta italiano Pier Paolo Pasolini, com leitura do poema Hierarquia – escrito por ele no Rio de Janeiro em 1970 – antes da primeira projeção. Também será realizado um debate sobre a visão de Pasolini sobre o Brasil na década de 70.
Dia 4: Mamma Roma. Classificação16 anos
Dia 5: Medéia. Classificação 16 anos
Dia 6: Teorema. Classificação 18 anos

SESC PAÇO DA LIBERDADE

4 a 7/11/15

Mostra de Cinema: Palmarés 42 Edición 2014
O 42º Festival Internacional de Cinema de Huesca apresenta os curtas-metragens ganhadores de seus três concursos. O Premio Danzante que distingue os títulos ganhadores, foi para o curta-metragem russo “The Fire” na categoria internacional; o chileno “La Isla” na Ibero-americana e “KelYaumKelYaum” na categoria documentário.
Dia 3, às 18h: Curta-metragem documental
Dia 4, às 18h: Concurso internacional de curta-metragem
Dia 5, às18h: Concurso internacional de curta-metragem
Dia 6, às 16h30 e 18h: Concurso Ibero-americano de curta-metragem
Dia 7, às 16h: Concurso Ibero-americano de curta-metragem

5 a 8/11/15

Festival Internacional de Cinema da Bienal de Curitiba – FICBIB 2015 
Sala Cinepensamento – Sesc Paço da Liberdade
Filmes Goethe Institute.
Dia 5, às 19h: OH BOY, de Jan Ole Gerster 
Dia 6, às 17h: SCHERBENPARK, de Bettina Blumner 
Dia 6, às 19h: A MEDIDA DO MUNDO, de Detlev Buck 
Dia 7, às 14h: FINSTERWORLD, de Frauke Finsterwalder 
Dia 7, às 17h: A ESTRANHA GATINHA, de Ramon Zurcher 
Dia 8, às 14h A OUTRA PÁTRIA – CRÔNICA DE UM ANSEIO, de Edgar Reitz

 

Fonte: www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br

Categoria: Agenda, Cinema, Cultural
Comentários (0)

Curitiba recebe o show de lançamento do álbum de José da Cruz

Publicado por Guia Amo Curitiba em 28/10/2015 às 00h01

José Cruz

Lançamento do álbum inédito une música e história no Teatro Positivo
Show promete emocionar os amantes da música paranaense

O Sabiá ParanaenseO Teatro Positivo recebe, no dia 01 de novembro, às 19 horas, o lançamento do álbum “José da Cruz (1897-1952) - O Sabiá Paranaense”. Fruto de extensa pesquisa, o show apresentará faixas inéditas do maestro José da Cruz, interpretadas por uma jazz-band formada exclusivamente e composta por 19 importantes músicos da cena curitibana.
Neto do imigrante polônes e professor de música Jerônimo Durski, José da Cruz foi compositor, arranjador, professor, copista, flautista e saxofonista que viveu em Curitiba de 1897 a 1952. Sua obra, apesar de extensa, ficou por muito tempo desconhecida e teria continuado no anonimato se não fosse pela descoberta, em 2008, de mais de 2.000 registros musicais, até então resguardados com a família do maestro.
“Este show visa celebrar o reaparecimento da memória e obra deste compositor e maestro, até então, anônimo dentro do processo histórico paranaense”, afirma o diretor musical e pesquisador, Tiago Portella. Autor do projeto, 

O Sabiá Paranaense

 desenvolvido ao longo de cinco anos, Portella foi minucioso na escolha do repertório. “Serão apresentados neste show 14 músicas autorais do compositor, enfocando a característica popular de sua obra: choro, valsa, samba, lundu, fox-trot, dobrado, schottisch, cateretê, entre outros”.
As performances dos músicos levarão o público numa viagem emocionante pela sonoridade da música
 paranaense produzida durante a primeira metade do século XX. Para isso, sobem ao palco Zélia Brandão no flautim e flauta; Odacir Mazzarolo, no oboé; Benê Chireia na harmônica; Daniel Miranda no clarinete e sax alto; Sergio Freire no sax soprano; Marcelo Teixeira no sax tenor; Douglas Chiullo e Audryn Souza nos trompetes; Osmário Estevan Jr. no trombone e eufônio; Carla Zago e Lígia Passos nos violinos; Israel Álvares Lima no cello; Marília Giller no piano; Lucas Melo no violão 7 cordas; Tiago Portella no cavaquinho e violões; Wagner Bennert no contrabaixo; Otto Lenon na percussão; Ian Giller Branco na bateria; e Liane Guariente e André Souza nos vocais.

** O disco “José da Cruz (1897-1952) - O Sabiá Paranaense” foi viabilizado por meio da Lei de Incentivo à Cultura de Curitiba da Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura Municipal de Curitiba e contou com o patrocínio do Grupo Positivo.

 

Serviço lançamento do álbum “José da Cruz (1897-1952) - O Sabiá Paranaense”:

Data: 01 de novembro de 2015
Horário: 19 horas
Local: Pequeno Auditório do Teatro Positivo
Ingressos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia entrada) - a venda na bilheteria do teatro 60 min. antes do início do show.

Contatos para entrevistas:
Tiago Portella Otto
contatotiagoportella@gmail.com(21) 98127 8655 (tim)/ Skype

www.sabiaparanaense.com.br

Ficha técnica:
Direção musical e pesquisa: Tiago Portella Otto
Produção Executiva: Otto Produções Artísticas
Produtores: Fábio Kwasnieski e Marilia Giller
Sonorização: Luigi Castel
Luz: Lucas Amado
Apresentação: Anderson Antoniacomi
Assessoria de imprensa: Natu Marques

 

Categoria: Cultural, Shows, Sobre a cidade
Comentários (0)

Mostra Que luz é essa? ilumina o MuMA na Bienal Internacional

Publicado por Guia Amo Curitiba em 06/10/2015 às 00h01

MuMa

O tema da Bienal Internacional de Curitiba 2015, Luz do Mundo, é o ponto de partida da mostra Que luz é essa?, que reúne obras de mais de 30 artistas no Museu Municipal de Arte (MuMA), no bairro Portão. A indagação-título da proposta curatorial é inspirada nas últimas palavras atribuídas ao escritor alemão Goethe: “Licht, mehr licht” (Luz, mais luz) — seguramente uma luz etérea, que perpassa o físico e alude ao espírito.

"A mostra reúne artistas de diferentes estilos e gerações com trabalhos em múltiplos suportes. Uma seleção heterogênea que busca revelar uma 'arte energética' e ressaltar a força da espiritualidade na criação e a presença recorrente do divino na produção artística”, comenta o curador Daniel Rangel, que também coordena o grupo do programa Jovens Curadores da Bienal Internacional de Curitiba 2015. Nesta edição, os jovens Ana Rocha e Goura Nataraj compõem o corpo curatorial da mostra.

Que luz é essa? divide-se em três núcleos:

Eykon: Palavra grega para imagem, também relacionada à etimologia de iconografia. O núcleo explora a luz existente na religião, reunindo obras realizadas entre o século XVII até hoje;

Magus, palavra de origem persa relaciona à etimologia de magia. Nele estão reunidos os trabalho de artistas cujas obras possuem estéticas muito pessoais, que remetem a universos mágicos;

Reflexum, do latim reflexo. Núcleo formado por projetos de site-specific pensados para dialogar com o conceito da mostra e com o espaço do MuMA.

Os artistas:

Núcleo Eykon:

Adriana Varejão (Rio de Janeiro, Brasil)
Agostino Masucci (Roma, Itália)
Ayrson Heráclito (Bahia, Brasil)
Caio Reisewitz (São Paulo, Brasil)
Carybé (Lanús, Argentina)
Ciro Ferri (Roma, Itália)
Christian Cravo (Bahia, Brasil)
Djanira Mota e Silva (São Paulo, Brasil)
Francesco Alban (Bolonha, Itália)
Gilvan Samico (Pernambuco, Brasil)
Iuri Sarmento (Minas Gerais, Brasil)
Lina Faria (Paraná, Brasil)
Marcelo Buainani (Mato Grosso, Brasil)
Mario Cravo Neto (Bahia, Brasil)
Mauro Restife (São Paulo, Brasil)
Mestre Didi (Bahia, Brasil)
Orlando Azevedo (Açores, Portugal)
Pablo Lobato (Minas Gerais, Brasil)
Pierre Verger (Paris, França)
Rubem Valentim (Bahia, Brasil)
Theodoro de Bonna (Paraná, Brasil)
Vilma Slomp (Paraná, Brasil)

Núcleo Magus:

Artur Bispo do Rosário (Rio de Janeiro, Brasil)
Bene Fonteles (Paraná, Brasil)
Hilma Af Klint (Solna, Suécia)
Ricardo Carioba (São Paulo, Brasil)
Stephan Doitschinof (São Paulo, Brasil)
Tunga (Pernambuco, Brasil)
Xul Solar (Argentina, Brasil)
Walter Smetak (Zurique, Suíça)

Núcleo Reflexus:

Antoni Miralda (Barcelona, Espanha)
Carlito Carvalhosa (São Paulo, Brasil)
Cleverson de Oliveira (Paraná, Brasil)
Marcos Moreira e Nelson Morais (Minas Gerais, Brasil)
Octavio Camargo (Paraná, Brasil)
Rafael Bertoli (Paraná, Brasil) e Sara Bonfim (Rio de Janeiro, Brasil)

Sobre a Bienal
A Bienal Internacional de Curitiba completa 22 anos em 2015 priorizando a arte que vai para as ruas, com ações que não se restringem aos museus, centros culturais e galerias, mas que ganham o espaço urbano. Tem curadoria geral do crítico de arte Teixeira Coelho e acontece na capital paranaense entre os dias 3 de outubro e 6 de dezembro com obras de artistas dos cinco continentes em mais de 100 espaços da cidade. Toda a programação é gratuita, exceto pelas exposições no Museu Oscar Niemeyer que segue as tarifas do museu (R$ 9 e R$4,50).

Sobre o curador
Daniel Rangel é o atual diretor artístico e curador do ICCo – Instituto de Cultura Contemporânea, sediado em São Paulo.É ainda membro individual do IBA – International Biennial Association. Formado em comunicação social, Daniel começou sua trajetória nas artes visuais como assistente do artista Tunga, de 1998 a 2001, realizando com ele exposições no Brasil e na Europa. Entre 2008 e 2011, Daniel foi Diretor Geral do departamento de museus do estado da Bahia, vinculado a secretaria de cultura do estado.Entre 2011 e 2012, foi diretor do projeto SOSO+ Cultura e curador da exposição Transit_BR, responsável pela realização de nove diferentes exposições com artistas contemporâneos africanosem diferentes espaços e cidades do país.

Publicações
Com o início do evento, o guia com a programação da Bienal será distribuído nos espaços expositivos e em diversos pontos da cidade. O site oficial também incluirá toda a programação e as informações gerais. Os catálogos da Bienal Internacional de Curitiba e do Festival de Cinema contêm informações detalhadas de todos os artistas e obras e poderão ser adquiridos a partir de outubro. O guia e o catálogo da Bienal são editados pela Arte e Letra.

Patrocínio 
O Ministério da Cultura apresenta a Bienal Internacional de Curitiba 2015, realizada por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura (Lei Rouanet). Esta edição também conta com o patrocínio master da UEG Araucária e patrocínio do BNDES, Petrobras, Sanepar, Scania e BRDE. Tem copatrocínio da Barigui Financeira, Sesi FIEP, Monreal Construtora e Pátio Batel. Tem o apoio da APAP-PR e o apoio internacional da Fundação Japão, Consulado Geral do Japão, Embaixada da Argentina, Consulado da Argentina, Instituto Goethe, Prefeitura de Columbus, Prefeitura de Cracóvia, Embaixada da Itália, Consulado Geral da Itália, Instituto Italiano de Cultura, Centro Cultural Coreano no Brasil e Consulado Geral da República da Coréia, Embaixada do México, Embaixada da Suécia, Wichita State University, Fulbright, Consulado de Israel, Goethe Institut.

Serviço
Mostra Que luz é essa?
Bienal Internacional de Curitiba 2015
Data: 3 de outubro a 6 de dezembro
Local: Museu Municipal de Arte (MuMA)/Curitiba − PR
Redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube
Informações: www.bienaldecuritiba.com.br

Categoria: Cultural, Exposição
Comentários (0)

left show tsN fwR fsN|left tsN fwR|left show fwR tsN bsd b01s|bnull||image-wrap|news c05|fsN normalcase tsN fwR bsd b01|b01 c05 bsd|login news normalcase c05 fwB|tsN normalcase fwR bsd b01|normalcase fwR c05|content-inner||